24 de julho de 2017

Parceira público-privada oferece curso de formação técnica em “protensão”

A Impacto, em parceria com o Governo do Estado do Ceará e a siderúrgica ArcelorMittal, está desenvolvendo projeto profissional pioneiro de formação técnica em “protensão”. A primeira experiência vai acontecer na Escola Estadual de Educação Profissional Jaime Alencar de Oliveira e terá papel estratégico no aperfeiçoamento técnico dos alunos, ampliando a capilaridade da educação técnica dentro da indústria da construção civil.

O idealizador do projeto, o empresário Joaquim Caracas, da Impacto, acompanhado de Ney Ibiapina, Executivo Corporativo Técnico da Siderurgia ArcelorMittal, estive reunido na tarde desta segunda-feira (24/07), com o secretário Inácio Arruda, falando sobre esse projeto profissional pioneiro de formação técnica em protensão. “Esta é a primeira capacitação na esfera público-privada em todo o território nacional”, ressaltou Caracas, explicando que a protensão é considerada uma das tecnologias mais sofisticadas dentro do segmento de estruturas de concreto. “O Ceará é o maior centro de desenvolvimento de soluções estruturais e já é reconhecido como a referencia nacional no assunto. Tal domínio vem proporcionando, inclusive a expansão da tecnologia para toda a América Latina”, ressaltou.

Participaram da reunião, além do secretário Inácio Arruda, a secretária Executiva da Secitece, Nagyla Drumond, representantes da Secretaria de Educação do Estado e da Escola Presidente Roosevelt, que pretende, a partir de 2018, implementar a disciplina sobre Formação em Concreto Protendido para os alunos do terceiro ano do nível técnico.

“Nosso objetivo é tornar o “Programa Inovadores da Engenharia no Brasil” no novo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) do ensino técnico”, completou Caracas. A formalização desse projeto com o governo do Estado deverá ocorrer no dia 25 de agosto de 2017, durante a Feira Concrete Show a ser realizada no Centro de Exposições São Paulo.