20 de fevereiro de 2017

Estudantes recebem reconhecimento por desempenho na Olimpíada Nacional de Ciências

No último sábado (18.02), diversos estudantes do Ensino Médio e do 9º ano do Ensino Fundamental de todo o Brasil lotaram o auditório da Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Ciências Contábeis da Universidade Federal do Ceará, onde foi realizada a Solenidade de Premiação da Olimpíada Nacional de Ciências (ONC).

Estiveram presentes no evento o secretário da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda, o reitor da Universidade Federal do Piauí, Prof. Dr. José Arimateia Lopes e a diretora do Departamento de Políticas e Programas para Inclusão Social do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações (MCTIC), Sônia da Costa, além de representantes de sociedades científicas.

Inácio vibrou com o resultado da competição e fez questão de ressaltar que o estudo da ciência é de grande importância para a sociedade. Lembrou ainda que o conhecimento deve ser uma oportunidade de todos.

“Temos que lembrar do direito de chance, dar a todos a oportunidade de aprender a ler, escrever, entender o que faz e saber se comunicar”, enfatizou o secretário. Durante toda a manhã, os estudantes que mais se destacaram na ONC foram reconhecidos com medalhas de ouro, prata, bronze e menção honrosa.

Os homenageados enfrentaram duas fases de provas de Química e Física. Troféus também foram entregues para as escolas que tiveram o maior número de estudantes com medalhas de ouro em cada um dos níveis da competição. Essa é a primeira edição do evento que visa o incentivo aos estudantes de escolas públicas e particulares ao estudo das ciências. Foram mais de 80 mil inscritos.

Durante a cerimônia um dos organizadores, várias vezes mencionado de forma honrosa pela mesa de representantes, professor Sérgio Melo, convidou todas as mulheres que participaram da ONC até o palco como forma de homenagem a crescente participação de mulheres no campo científico.

A Olimpíada Nacional de Ciências é realizado pela Sociedade Brasileira de Física e pela Associação Brasileira de Química em parceria com o MCTIC.

alt
alt
alt

alt

alt