ONU anuncia nova reunião entre a Frente Polisário e o Marrocos


A Frente Polisário e o Marrocos participam na próxima semana, em Malta, de outra rodada de conversações informais sobre o conflito na Saara Ocidental, anunciou ontem (3) as Nações Unidas. A reunião acontecerá nos dias 7 a 9 de março e foi acordada no encontro anterior entre as duas partes, ocorrido em janeiro, na cidade de Nova Iorque. Esta será a sexta de caráter informal desde agosto de 2009.

No foro de Malta participarão, como em ocasiões anteriores, representantes da Argélia e Mauritânia, países vizinhos do Saara Ocidental e o enviado especial à ONU para o conflito, Christopher Ross.

Há três semanas, a Frente Polisário e o Marrocos se reuniram em Genebra com o Alto Comissionado da ONU para os Refugiados, Antonio Guterres, como parte das ações dirigidas a construir mediações de confiança entre as partes.

Nessa oportunidade, concordaram em aumentar para 30 mil a quantidade de visitas entre famílias saarianas radicadas no território do Saara Ocidental ocupado por Rabat e em campos de refugiados na Argélia e separados há 30 anos. As viagens aéreas para esses contatos foram retomados no começo de janeiro passado depois de uma paralisação de quase um ano e agora são esperadas novas decisões para se utilizar a via terrestre.

A ONU incentiva as reuniões informais em busca de retomar negociações oficiais para a solução do conflito. A organização mundial está comprometida com a celebração de um referendo sobre a autodeterminação nesse território, ex-colônia espanhola até 1975. Para isso, em 1991 as Nações Unidas estabeleceram ali uma missão (Minurso) integrada atualmente por 230 efetivos procedentes de mais de 20 países.

No final do ano passado, a Assembleia Geral da ONU aprovou uma resolução que respaldou a busca de uma “solução política justa, duradoura e mutuamente aceitável que conduza à livre determinação do povo do Saara Ocidental”.