Minha casa, minha vida


A Caixa Econômica Federal recebeu 405 propostas de empreendimentos para o programa Minha Casa, Minha Vida, totalizando 73.901 unidades habitacionais e envolvendo R$ 4,7 bilhões, até a sexta-feira da última semana ().

Destes, porém, apenas 39 projetos (menos de 10% do total de propostas), com 2.825 habitações, já estavam contratados até aquela data. Outros 37 tinham previsão de contratação nos próximos dias.

As construtoras preparam-se para encaminhar à Caixa projetos com mais milhares de unidades residenciais, de acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

A entidade aposta na aprovação do programa, que já passou pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, mas ainda não está satisfeita. “Há uma greve da área de engenharia, arquitetura e direito da Caixa desde o início do programa, em abril, que já começa a incomodar”, disse o presidente da CBIC, Paulo Safady.