ALBA: acordos para fortalecimento da soberania alimentar


Os países que integram a Alternativa Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA) assinaram nesta segunda-feira (), durante a IV Cúpula Extraordinária do grupo, realizada no Palácio de Miraflores, em Caracas, Venezuela, dois acordos que visam ao fortalecimento da soberania alimentaria. A ALBA é composta por Venezuela, Bolívia, Honduras, Dominica, Nicarágua e Cuba.

O primeiro acordo tem como objetivo criar a iniciativa ALBA Alimentos entre os integrantes do grupo e os países que fazem parte da Petrocaribe, com a finalidade de incrementar a produção sustentável de alimentos e garantir a segurança e soberania alimentar.
 
O outro acordo diz respeito à constituição de uma empresa "grannacional" para produzir alimentos que vai coordenar projetos agropecuários: cooperação tecnológica, capacitação técnica e atividades relacionadas ao uso racional dos recursos naturais e energéticos da região. Além disso, deve fornecer apoio para o planejamento e o desenvolvimento de capacidades de transporte, recepção, armazenamento e comercialização de insumos.
 
Segundo o presidente Hugo Chávez, essa empresa vai nascer com um aporte de 49 milhões de dólares do fundo alimentar que foi criado em julho de 2008, durante a reunião da ALBA em Maracaibo. O presidente venezuelano disse que essa empresa estará inserida no conceito de grande nação, assim como existem as empresas transnacionais.