22 de setembro de 2017

Plano de CT&I prevê reestruturação das universidades estaduais

alt

O encontro teve foco na construção de estratégias

Na manhã desta sexta-feira (22), representantes de diversas instituições públicas e privadas que atuam nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação se reuniram no Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) para dar continuidade à construção do Plano Estadual do setor. A abertura dos trabalhos foi realizada pelo secretário da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda, e pelo presidente do Centec, Silas Alencar.

alt

Em sua fala, o secretário destacou o reconhecimento internacional das universidades cearenses, e anunciou que elas serão contempladas com ações de reestruturação a curto prazo no novo Plano de CT&I do Ceará. “Acabamos de acertar com o Banco Mundial para começar, ainda este ano, o projeto de reestruturação e integração das três universidades públicas estaduais, pois sabemos da importância desse investimento para o desenvolvimento do Estado. O mundo passa por uma transformação digital e o Ceará precisa se renovar em todos os setores, já que a tecnologia e a inovação são imprescindíveis para alcançarmos os bons resultados que queremos para o Estado”, anunciou.

O Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará está sendo elaborado pela Secitece, com a consultoria da Macroplan e a colaboração de diversas instituições que atuam na área. O objetivo é definir uma agenda estratégica que contribua para a redução da desigualdade, o combate à pobreza, a preservação do meio ambiente e o aumento da competitividade do Ceará, por meio do desenvolvimento científico e tecnológico.

alt

alt

Segundo a consultora da Macroplan, Karla Regnier, este foi o terceiro encontro do planejamento estratégico e teve foco na construção das estratégias. “A primeira reunião foi um momento de apresentação da metodologia e do projeto; no segundo, fizemos um diagnóstico da situação do Estado no campo da CT&I, quais os principais desafios e potencialidades e tendências de transformações. Diante dessa análise, hoje tivemos uma discussão sobre a visão de futuro, tendo como horizonte a construção de objetivos estratégicos para serem alcançados até o ano de 2050”, explica.

Além da Secitece e Instituto Centec, estiveram presentes representantes da Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), da Educação (Seduc), Câmara Federal, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual do Ceará (UECE), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará (Nutec), Fio Cruz, Fundação de Cultura e Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Funcepe), Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação (ITIC), Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Instituto Atlântico, Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de Fortaleza (Citinova), Faculdade Unichristus e Faculdade de Tecnologia do Nordeste (Fatene).

Informações da Assessoria de Comunicação do Centec

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *