23 de janeiro de 2012

Copa 2014 – desafios e oportunidades

                                    
Fortaleza conhecida no mundo inteiro por ter um povo hospitaleiro e cheio de bom humor, cativou uma delegação especial que nos visitou na última terça (16): a comitiva da FIFA, encabeçada por seu Secretário Geral Jerôme Valcke, acompanhado da ilustre presença do ex jogador Ronaldo Nazário, membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo – COL.
 
Cercados pelo jeito carinhoso e cearense de receber, pude perceber, no decorrer da visita, o entusiasmo e o encanto que nossa cidade foi causando na comitiva. O que antes era apenas uma visita para conferir o andamento das obras da Copa transformou-se em empolgação diante do clima receptivo encontrado na capital alencarina.
 
E foi neste clima que a delegação de visitantes conferiu o ritmo das obras de dois grandes equipamentos: o novo Centro de Feiras e Eventos e o Estádio Castelão.
 
Com 170 mil metros quadrados, dos quais 74 mil serão destinados a exposições, podendo ser realizados 48 eventos simultaneamente, o novo Centro de Eventos, quando inaugurado, será o maior espaço multiuso do país, o que  o credenciou a disputar a sede do sorteio das chaves do Mundial em dezembro de 2013.
 
Ao ultrapassar todas as metas de execução e conclusão, tornando-se o mais adiantado entre as 12 sedes da Copa do Mundo, o Castelão vai receber importantes jogos da seleção brasileira. Será um estádio moderno, seguro e confortável e permanecerá durante longos anos servindo ao povo cearense. Todas estas ações em andamento em nossa capital impressionaram bastante a delegação da FIFA. 
 
O Governo Federal acertou quando garantiu a realização dos jogos da copa nas várias cidades brasileiras, criando oportunidades de atração, em grande escala, de mais investimentos para infraestrutura, mobilidade e acessibilidade que impactam de forma significativa na melhoria da vida e no cotidiano de nosso povo.
 
Precisamos aproveitar os desafios e oportunidades que Fortaleza e o Estado do Ceará vivem hoje, acelerando o passo para que a Copa de 2014 deixe de ser apenas um evento esportivo e garanta um legado de benefícios reais para a população. Este é o nosso grande desafio que será vencido.
 

 

Inácio Arruda – Senador PCdoB